segunda-feira, 20 de junho de 2011

Até aqui nos ajudou o Senhor!



Então Samuel tomou uma pedra e a pôs entre Mizpá e Sem e lhe chamou de Ebenézer e disse Ate aqui nos ajudou o Senhor (I Samuel 7.12)

Até aqui nos ajudou o Senhor e não vamos nos esquecer disso!

Queridos nós devemos garantir que as vitórias que Deus em sua infinita graça nos concede jamais sejam esquecidas!

Naqueles dias Samuel exortava o povo a cerca da idolatria que ainda existia e o povo de Israel arrependido decide congregar e orar em Mizpá, na mesma época Israel pelejava contra os Filisteus; e vindo os filisteus contra Israel Deus concede a vitória.

Agora Porque logo após uma vitoriana batalha, Samuel escolheu uma pedra e coloco-a entre Mizpá e Sem e a chamou de Ebenézer? Qual era o significado deste ato?


PRIMEIRO SIGNIFICADO: Aquela pedra era um MARCO DE VITÓRIA.

Depois que Samuel levantou aquela pedra, todas as vezes que as pessoas passavam por aquele lugar, ao olhar para ela, lembrava-se que foi ali que os filisteus foram definitivamente derrotados nos tempo de Samuel: “Assim os filisteus foram subjugados e não mais vieram aos termos de Israel, porquanto a mão do Senhor foi contra os filisteus todos os dias de Samuel” (I Samuel 7.13).

Deus não se arrepende das bênçãos que ele nos concede – “Porque os dons e a vocação de Deus são IRRETRATÁVEIS” (Romanos 11.29). Marcos de vitórias são registros de conquistas que só foram possíveis mediante a graça de Deus.


SEGUNDO SIGNIFICADO: Aquela pedra era um ALTAR DE GRATIDÃO.

Ao passar por aquele ligar, as pessoas também iriam se lembrar de que foi Deus quem expulsou os filisteus, com raios e trovões. “E as cidades que os filisteus tinham tomado a Israel lhe foram restituídas, desde Ecrom até Gate, cujos termos também Israel arrebatou das mãos dos filisteus” (I Samuel 7.14).


TERCEIRO SIGNIFICADO: Aquela pedra era um TRAMPOLIM DE FÉ.

Ao olhar para aquela pedra, o povo de Israel podia crer que o Deus que os havia livrado dos inimigos nos dias de Samuel podia também livrá-lo em seus dias.

“Ele é o mesmo ontem, hoje e para sempre” (Hebreus 13.8).

Ao garantir a memória das vitórias que Deus nos dá, estamos construindo MARCOS DE VITÓRIAS, ALTARES DE GRATIDÃO e TRAMPOLINS PARA A NOSSA FÉ, de onde poderemos nos lançar para desafios ainda maiores.

Um comentário:

  1. A paz do Senhor.

    Parabéns pelo blog! É uma honra segui-lo

    Para consolidar ainda mais a nossa parceria, queria lhe convidar a fazer parte do grupo "blogs evangélicos" no site de divulgação 2leep.
    Cadastrando seu blog no grupo, seus posts serão apresentados nos outros blogs e vice-versa, aumentando significativamente o nº de visitas.

    Todos os detalhes neste link:

    http://rochaferida.blogspot.com/2011/08/convite-todos-os-blogueiros-evangelicos.html#axzz1Up3yh48C

    Léo Almeida
    rochaferida.blog

    ResponderExcluir